conserve-brasil
  Parque Nacional Lauca, Chile
(© 2014 Gustavo Gatti & Anita Diederichsen)
  Cradle Mountain-Lake St. Clair National Park, Austrália
(© 2015 Gustavo Gatti & Anita Diederichsen)
  Parque Nacional da Chapada Diamantina, Brasil
(© 2010 Gustavo Gatti & Anita Diederichsen)
 
     
 

 

A Conserve Brasil é uma empresa de consultoria e assessoria que tem por objetivo a prestação de serviços de consultoria em iniciativas para a conservação e restauração da natureza. Atuamos no planejamento, implementação, monitoramento e gestão adaptativa de estratégias, visando sempre a eficácia e o foco nos resultados.

Para isso, contamos com profissionais altamente qualificados e com vasta experiência na conservação da natureza no Brasil e em outros países.

 
 
  Reserva de Fauna Andina Eduardo Avaroa, Bolívia
(© 2014 Gustavo Gatti & Anita Diederichsen)
 

 

 

 

 

 

Anita Diederichsen
Sócia-Diretora

anita@conservebrasil.com.br

   

 

 

 

 

 

Gustavo Gatti
Sócio-Diretor

gatti@conservebrasil.com.br

 

Anita é coach de conservação da natureza certificada pela Rede de Coaches e atua promovendo a implementação dos padrões abertos para a prática da conservação.
Possui 14 anos de experiência internacional em conservação da natureza, com foco em gestão de projetos, planejamento sistemático para a conservação e desenvolvimento e monitoramento de estratégias de conservação. Suas estratégias foco têm sido serviços ambientais, áreas protegidas, restauração e políticas públicas, principalmente na Mata Atlântica e no Cerrado (Brasil), e com experiência também no Chile, Costa Rica, Estados Unidos e Moçambique.
Anita trabalhou por mais de 10 anos na The Nature Conservancy e realizou trabalhos de consultoria para WWF – Moçambique e WWF-Brasil, WRI-Brasil, IUCN, Imazon e Instituto LIFE. Como voluntária trabalhou em Unidades de Conservação em atividades de uso público e de educação ambiental junto à Universidade da Costa Rica, Fundação Florestal – SP e Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza.
Na TNC assumiu diferentes cargos como Coordenadora do Produtor de Água do Programa de Conservação da Mata Atlântica e Savanas Centrais, ponto focal da Plataforma de Fundos de Água da América Latina, Coordenadora de Ciências da Mata Atlântica e Cientista Sênior. Anita foi convidada para integrar o Conselho Consultivo do Presidente da The Nature Conservancy em 2013.
Anita é bióloga e mestre em Ciências Ambientais, ambos pela Universidade de São Paulo. Sua dissertação de mestrado abordou a influência da atitude conservacionista (i.e., a predisposição à conservação) e da legislação ambiental na manutenção de áreas florestais na Mata Atlântica, com ênfase em conservação em terras privadas.
Anita tem sido revisora dos trabalhos técnicos dos Congressos Brasileiros de Unidades de Conservação, participou do Congresso Mundial de Parques da IUCN em 2014 e do Congresso de Conservação IUCN em 2008, entre outros.

 

 

 

 

Conservacionista. Membro da Comissão Mundial para as Áreas Protegidas (WCPA) da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN). É coach de conservação e voluntário da Conservation Coaches Network (CCNet). Possui graduação em Engenharia Florestal pela Universidade Federal do Paraná (1998) e mestrado em Ciências Biológicas com ênfase em Botânica, também pela Universidade Federal do Paraná (2000).
Trabalha principalmente com os seguintes temas: planejamento de projetos com ênfase nos Padrões Abertos para a Prática da Conservação (da Conservation Measures Partnership); efetividade de manejo; monitoramento; planejamento e implementação de unidades de conservação (manejo, efetividade, sistemas, uso público); reservas privadas; invasões biológicas por espécies exóticas; restauração ambiental (com foco em sucessão florestal, fitossociologia, fenologia e florística); serviços ecossistêmicos e aumento da efetividade de equipes de projetos.
Trabalhou por mais de uma década na Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, onde foi coordenador de áreas protegidas e membro do comitê organizador do Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação – CBUC. Antes disso, foi coordenador do projeto de Co-Gestão da Estação Ecológica de Guaraguaçu (SPVS, Programa Pró-Atlântica, Governo do Paraná e Governo Alemão/KfW). Tem experiência de campo principalmente na área de ocorrência dos biomas Mata Atlântica e Cerrado, notadamente na Floresta Ombrófila Densa, Floresta Ombrófila Mista, mas também com algumas experiências nas savanas.
Como voluntário, Gustavo trabalhou em projetos de conservação da natureza em Moçambique (2013, planejamento da Área de Proteção Ambiental das Ilhas Primeiras e Segundas; WWF/Care Alliance and The Nature Conservancy), no Chile (2014, planejamento e manejo da Reserva Costera Valdiviana; The Nature Conservancy) e no Brasil (2002 a 2004, Rede Nacional Pró-Unidades de Conservação).
Reúne uma considerável experiência em áreas protegidas, tanto no escopo do Brasil como internacionalmente, tendo visitado e/ou trabalhado em cerca de uma centena de parques e reservas de diferentes categorias de manejo, ao longo das últimas duas décadas.

 

 


WWW.CONSERVEBRASIL.COM.BR

contato@conservebrasil.com.br
+55 41 33191980

 
Parque Nacional dos Aparados da Serra, Brasil
(© 2014 Gustavo Gatti & Anita Diederichsen)